Menino Marcelo

“Eu sou detalhista. Sou aquela pessoa que repara no seu olhar e na pele quando sente um arrepio. Que te abraça no primeiro leve tremor de frio. Que sente o seu sorriso no canto da boca quando você quer rir mas lembra que estava chateada comigo e não podia demonstrar nada. Eu me incomodo quando eu digo “eu te amo” e você responde “eu também” ao invés de dizer “eu também te amo”. Eu me incomodo quando não recebo aquela sms de “boa noite” que você manda todo dia e começo a me perguntar no que eu errei. Eu percebo demais e me incomodo demais. O que passa despercebido pra você como um grão de areia, pra mim será um martelo que me machuca pesando como um erro imperdoável.”
Rafael Lemos.

“Ao ver uma pessoa triste, nunca sei se ela tem motivos, ou se apenas pensa demais. O simples ato de pensar em excesso te leva à uma discordância infinita com a realidade, quem muito pensa enxerga o mundo sem enfeite, sem maquiagem. Grandes pensadores carregam dores maiores do que conseguem descrever.”

(via no-trauma)

Posted Há 2 dias With 39.456 notas

“É impossível aprisionar os que tem asas.”

Caio Fernando de Abreu. (via cinzasdesaudade)

Posted Há 2 dias With 18.331 notas

Em cada rua que eu passava, rezava para que nossos caminhos se cruzassem, se esbarrassem, se perdessem e virassem um só.”

Thiara Macedo. (via se-eu-sumir)

Posted Há 2 dias With 10.132 notas

“Almas quentes,
corações frios.”

Irradiadora.   (via renascendo)

Posted Há 3 dias With 1.100 notas

“Porque metade de mim é o que eu grito, mas a outra metade é silêncio. Porque metade de mim é partida, mas a outra metade é saudade. Porque metade de mim é o que ouço, mas a outra metade é o que calo. Porque metade de mim é o que eu penso, mas a outra metade é um vulcão. Que o medo da solidão se afaste, e que o convívio comigo mesmo se torne ao menos suportável. Porque metade de mim é a lembrança do que fui, a outra metade eu não sei. Porque metade de mim é abrigo, mas a outra metade é cansaço. Porque metade de mim é amor e a outra metade também.”

Oswaldo Montenegro. (via oescritor)

Posted Há 3 dias With 6.884 notas

“Naquela noite, quando retornei pra casa e agarrei meu travesseiro, senti saudades. Foi estranho.”

Gabito Nunes.  (via se-eu-sumir)

Posted Há 3 dias With 9.403 notas

211